Make your own free website on Tripod.com
De alguma forma
Sunday, 30 April 2006
Poesia
Now Playing: "Velejar por dentro dos Sonhos", de Mafalda Chambel

Fecho os olhos embalada...

tantas ondas;

tantas ondas!

 

Aperta-se o peito

e os olhos... ó os olhos!;

perdem o Horizonte.

 

Sorri-me a tempestade

e gelam-me os movimentos...

 

Avisto a costa

mas transpira o corpo;

transpira o corpo!; e não chego a terra...

 

Sangra a alma a ser descoberta

pela despida verdade.

 

Nua de ti só me sei eu

e tento me aceitar.

 

Sou chama, sou cume e sou punhal

onde as emoções se acendem

e se aceitam.

 

Abro um pouco o coração

onde sei o meu Destino

e a minha sina.

 

Se amar incondicionalmente

é o paraíso dos meus olhos despertos,

neles guardo todos e cada um,

individualmente, por dentro,

onde o Tempo não alcança

e onde o Amor e a Esperança

entrelaçam lábios de Sonhos.

 

 

 

 

Mafalda Chambel 


Posted by mcpoesia at 8:19 PM EDT
Updated: Wednesday, 11 June 2008 1:45 PM EDT

Newer | Latest | Older

« December 2017 »
S M T W T F S
1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31
You are not logged in. Log in
Entries by Topic
All topics  «